723 Works

Página da Associação Portuguesa de Otoneurologia

Vitor Gabão Veiga
.

Tiróide lingual: apresentação de três casos clínicos e revisão da literatura

Carla Ferreira Gapo, J. Miguéis, A. M. Amorim, I. Ventura, M. C. Miguéis & A. Paiva
Introdução: Tiróide lingual é o termo aplicado a uma massa de tecido tiroideu ectópico localizado na base da língua, sobre a linha média. Ocorre por não migração da glândula nas fases iniciais da embriogénese para a sua normal localização cervical, a partir do local de origem. Embora possa permanecer assintomática, pode manifestar-se por disfagia, disfonia, obstrução das VAS ou hemorragia. Material e Métodos: Apresentação de três casos clínicos diagnosticados e tratados no nosso serviço de...

Sinusitis fungica cronica invasiva dei seno maxilar por aspergillus

Vicente Guillén Guerrero, Andrés Paulino Herrera, Juan José Urbano, Ramón Terré Falcon, Inmaculada Anguita Sánchez, Francisco Sánchez González, María Martínez Sempere & Juan Caballero Villena
El diagnóstico de casos de sinusitis fungica se está incrementando debido a un mejor conocimiento de la enfermedad y un alto número de pacientes con alteración de los mecanismos de defensa inmunológica. Los síntomas más corrientes incluyen secreción purulenta nasal y obstrucción nasal. A la sospecha de aspergilosis se llega cuando un paciente con sinusit is crónica maxilar no responde ai tratamiento conservador normal. El diagnóstico es fundamentalmente microscópico, a través de la identificación de...

Revisão das Complicações Precoces da Amigdalectomia e Adenoidectomia/2003

S. Vilarinho, R. Figueirinhas, A. Antunes, J. Pinto Ferreira, L. Meireles & A. Lima
Apresenta-se estudo retrospectivo das complicações per e pós-operatórias precoces (15 dias) de amigdalectomia e a adenoidectomia durante 2003 no serviço de ORL, HGSA (Hospital Geral de Santo António). Foram revistos processos clínicos de 153 doentes, 73 (48 %) eram do sexo feminino e 80 (52%) eram do sexo masculino, com idades entre 18 meses e 44 anos (média 10,95 anos). Foram encontradas as seguintes complicações: hemorragia 2/153; rinolália 2/153; regurgitação nasal 1/153; febre 11/153; edema...

Paranglioma de fosa nasal

Pilar Navarro Paule, Alejandro Soler Valcárcel, Belen Ferri-ñiguez, Ignacio Albaladejo Devis, Francisco Rodríguez Domínguez & Luis Miguel Amorós I Rodríguez
EI paraganglioma es un tumor neuroendocrino que en un 5-10% de los casos se presenta en una localización extra-adrenal. Presentamos el caso en una paciente de cincuenta y tres anos con un paraganglioma localizado en la fosa nasal, siendo esta localización extremadamente rara. Describimos los métodos diagnósticos, el tratamiento y el estado actual de la enferma.

Laringomalácia - a experiência do serviço nos últimos 6 anos

Teresa Bernardo, Edite Coimbra Ferreira, Daniela Ribeiro, Diamantino Helena, Artur Condé & Agostinho Pereira Silva
Os autores realizaram um estudo retrospectivo com base no processo clínico das 21 crianças seguidas por laringomalácia no Serviço ORL do CHVNG/E - EPE, entre Janeiro de 2003 e Janeiro de 2009, com o objectivo de definir a população, caracterizar a doença, avaliar o tratamento instituído e a influência da presença de co-morbilidades. As características da doença foram semelhantes às descritas na literatura. Registaram uma elevada incidência de refluxo gastro-esofágico. O tratamento anti-refluxo foi instituído...

Sialorrea y aftas orales como manifestación de síndrome hipereosinofílico. Caso clínico y revisión de la literatura

Vicente Pino Rivero, Mónica Marcos García, Juan Álvarez Domínguez, Fernando Carrasco Claver, Maria Helena Mora Santos & Eladio Rejas Ugena
El síndrome hipereosinofílico es una patología multisistémica caracterizada por eosinofilia en sangre periférica y afectación de diferentes órganos como el corazón, pulmón, piel y S.N.C. A nivel O.R.L. puede cursar con rinitis, ulceraciones orales (aftas), angioedema y sialorrea que no son criterios diagnósticos de la enfermedad. Presentamos el caso clínico de un varón de 64 anos que presentaba afectación pulmonar, cutánea y de médula ósea. Fue tratado con quimioterapia más corticoides con buena respuesta y...

Leiomioma vascular da cavidade nasal

Joaquim Pedro Vieira, Gustavo Lopes, Marta Neves, Miguel Viana, Maria Fátima Magalhães & Manuel Rodrigues E Rodrigues
O Leiomioma Vascular é uma neoplasia benigna do músculo liso de localização frequente no útero, tracto gastrointestinal, pele e tecido celular subcutâneo, mas raro na cabeça e pescoço. Os autores apresentam o caso clínico extremamente raro dum Leiomioma Vascular da cavidade nasal complementado por uma breve revisão da literatura.

Sarcoma de Kaposi da laringe - Caso clínico

Clara Silva, Carla Gapo, Natércia Silvestre, Jorge Miguéis, Ana Margarida Amorim, Sofia Caetano, Isabel Ramos, Maria José Julião & António Paiva
O sarcoma de Kaposi (SK) é a neoplasia mais frequente nos doentes com o Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (SIDA). O envolvimento da cabeça e pescoço é frequente, no entanto o atingimento laríngeo com dispneia é raro. Os autores apresentam um caso clínico ilustrativo desta patologia como manifestação inicial de SIDA. Doente de 37 anos, sem antecedentes patológicos relevantes, com queixas de dispneia alta, disfonia e disfagia com 2 meses de evolução. Apresentava formação vegetante supraglótica,...

Obstrução nasal no recém-nascido: Dois casos de estenose congénita do orifício piriforme

Alexandra Jerónimo, Ana Casas Novas, Inês Moreira, Carla Conceição, Inês Cunha & Luísa Monteiro
A Estenose Congénita do Orifício Piriforme (ECOP) é uma causa rara de obstrução nasal no recém-nascido, um respirador nasal obrigatório, e por isso potencialmente fatal. Obriga a diagnóstico diferencial com causas mais comuns como a atrésia choanal. Na clínica predominam a apneia episódica e a cianose cíclica, sendo o diagnóstico confirmado imagiologicamente. Pode surgir isoladamente ou associada a alterações crâniofaciais, hipopituitarismo e cromossomopatias. A correcção cirúrgica impõe-se face ao insucesso do tratamento médico. Este artigo...

Editorial

João Marta Pimentel
.

Traumatismo acústico e otoemissões acústicas por produtos de distorção: Dois casos exemplares

Pedro Alberto Escada & José Madeira Da Silva
Este trabalho descreve 2 casos clínicos de doentes com hipoacusia por traumatismo sonoro: um deles causado pela exposição crónica ao tiro desportivo na modalidade de tiro aos pratos; no segundo caso a hipoacusia foi causada por uma lavagem auricular destinada à remoção de cerúmen, utilizando um dispositivo de irrigação de água com alta pressão. Em ambos os casos as otoemissões acústicas acrescentaram informação à audiometria convencional: no caso da hipoacusia por prática do tiro, foi...

Acerca da ORL e da União Europeia de Médicos Especialistas!

Miguel Magalhães
.

Análise da anatomia do recesso frontal em tomografia computorizada: Estudo de 50 doentes

Marta Canas Marques, Marco Alveirinho Simão, Alberto Santos, Carlos Macor, Óscr Dias & Mário Andrea
Objectivo: Estudo da prevalência das células acessórias do recesso frontal em doentes com indicação operatória do foro nasosinusal. Desenho Estudo: Estudo anatómico em tomografia computorizada (TC) dos seios perinasais. Material e Métodos: Análise de TC dos seios perinasais de doentes com indicação operatória do foro nasosinusal. Os critérios de exclusão incluíram cirurgia prévia, rinossinusite complicada, doença que prejudicasse a visualização das estruturas. Resultados: Foram incluídos no estudo, 50 doentes com TC’s efectuadas em diferentes centros...

A avaliação acústica da voz nas práticas profissionais dos terapeutas da fala portugueses

Ricardo Sousa, Susana Vaz Freitas & Aníbal Ferreira
Introdução: A prática dos Terapeutas da Fala manifesta um crescente uso do método acústico, que favorece um diagnóstico vocal complementar. Assim, este estudo visa conhecer a utilização do método acústico e outros métodos de avaliação vocal (instrumentais e não-instrumentais), bem como relação entre estes. Material e Métodos: Um questionário sobre a utilização de métodos baseado em escalas de Likert, foi enviado a um conjunto de Terapeutas da Fala através de correio electrónico e, posteriormente, foi...

Avaliação do desempenho de crianças portadoras de surdez congénita com mais de 15 anos de uso implante coclear

Jorge Humberto Martins, Marisa Alves, Daniela Ramos, Helena Alves, Conceição Peixoto, Susana Andrade, Luis Silva & Carlos Ribeiro
Objectivos: O trabalho pretendeu verificar se o implante coclear (IC) possibilita ao utilizador a aquisição de comunicação audio-oral e se é seguro e fiável a longo prazo. Material e Métodos: Amostra composta por 2 grupos. Grupo 1: ≥ 15 anos IC; Grupo 2: entre 10 e 14 anos IC. Os dois grupos efectuaram os testes de avaliação do Serviço descritos nos resultados. Resultados: o benefício tonal revelou diferença estatisticamente significativa nas frequências de 250 Hz;...

Tempo de respiração exclusivamente nasal e a qualidade de vida relacionada com a obstrução nasal

Ricardo Barroso Ribeiro, Daniel Monteiro, Jorge Oliveira, João Pinto Ferreira & Cecília Almeida E Sousa
Objectivos: Verificar se havia correlação entre o tempo de respiração exclusivamente nasal (TREN), sem desconforto para o paciente, e os resultados da escala NOSE (Nasal Obtruction Symptom Evaluation) antes e após septoplastia associada ou não a cornectomia. Desenho do estudo: Estudo prospectivo observacional. Material e Métodos: Pacientes com desvio do septo nasal completaram a escala NOSE e fizeram o teste TREN, antes e 1, 3 e 6 meses após septoplastia, associada ou não a cornectomia...

Linfoma ótico manifestado como parálisis facial

Elena Sánchez-Legaza, Maria Paz Garrastazul Sánchez, Wasim Elhendi & Irene Vazquez Muñoz
Los linfomas del temporal suelen ser metástasis locorregionales. Su clínica es inespecífica o atípica, sin asociarse a síntomas generales. Son inusuales, aumentando su prevalencia en inmunodeficiencia crónica; y cursan con histología de alto grado y rápida evolución, aunque responden bien al tratamiento con quimioterapia.

Colégio da especialidade e seu papel na dinamiz ação do internato

Fausto Fernandes
.

Abcessos retrofaríngeos e parafaríngeos em crianças. Estudo retrospectivo de 5 anos, do Hospital Pediátrico de Coimbra

Diana Cunha Ribeiro, Felisberto Maricato, Carlos Ribeiro & António Diogo Paiva
Introdução: Os abcessos retrofaríngeos e parafaríngeos são infecções raras e potencialmente fatais, particularmente na criança. Material e métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo dos doentes com o diagnóstico de abcesso retrofaríngeo e parafarínegeo, de Junho de 2007 a Junho de 2012, num hospital pediátrico terciário. Procedeu-se à revisão de processos clínicos, com análise dos seguintes dados: idade, sexo, sintomas iniciais, duração dos sintomas, exame objectivo, avaliação laboratorial e imagiológica, tratamento, duração do internamento e complicações....

Editorial

José Marques Dos Santos
.

Editorial

Jorge Spratley
.

Pruebas diagnósticas en Patología Tiroidea

CM Chiesa Estomba, AS Araujo Da Costa, JM Meléndez Garcia, T. Rivera Schmitz & D. Alonso Párraga
Introducción: la patología tiroidea suele ser un elemento común en la práctica del cirujano cervico-facial, y del especialista en cirugía endócrina. Un 90% de los nódulos tiroideos suelen ser benignos, siendo fundamental para el diagnóstico el uso de la punción aspiración con aguja fina (PAAF). Intentamos determinar la fiabilidad de las pruebas diagnósticas (ecografía de cuello y punción aspiración con aguja fina - PAAF) utilizadas en el estudio de la patología benigna y maligna de...

Cordectomias vocais: Resultados e fatores preditores de recidiva e sobrevida

Joana Marques, Sónia Martins, Manuel Leal & Margarida Santos
Objetivos: Avaliação de uma população submetida a cordectomia vocal com Laser CO2. Desenho de estudo: Coorte retrospetivo. Material e Métodos: Análise dos doentes com carcinoma epidermóide glótico pouco avançado, submetidos a cordectomia vocal durante 7 anos. Resultados: Foram incluídos 48 doentes. A taxa de recidiva foi de 27.1%. Em 20.8% dos doentes foi diagnosticado um segundo tumor primário. As margens positivas foram o único fator prognóstico de recidiva estatisticamente significativo. A presença de um segundo...

O papel da PET/CT na avaliação pós QT/RT concomitante de doentes com carcinoma espinhocelular da cabeça e pescoço locorregionalmente avançados

Miguel Carvalho, Ana Rita Nobre & Francisco Branquinho
Objetivos: Definir a utilidade da PET/CT na avaliação da resposta ao tratamento (QRT) de doentes com CECCP locoregionalmente avançados e avaliar o seu valor prognóstico. Desenho do Estudo: Estudo retrospetivo. Material e Métodos: Análise dos registos clínicos de doentes portadores de CECCP diagnosticados entre janeiro/2016 e junho/2018 no IPO de Coimbra, tratados com QT/RT concomitante, que realizaram PET/CT pós tratamento. Os resultados foram comparados com exames clínicos, imagiológicos e eventualmente histopatológicos realizados nos 12 meses...

Registration Year

  • 2021
    58
  • 2020
    665

Resource Types

  • Text
    723