665 Works

Síndrome de Gradenigo: tratamento e sequelas

Filipa Carvalho, Clara Silva, Mafalda Ferreira, Catarina Areias, José Romão, Maria Do Carmo Miguéis & Luís Silva
Sexo feminino de 41 anos, recorreu ao serviço de urgência por um quadro de diplopia horizontal, dor facial, otorreia, hipoacusia e otalgia esquerda com uma semana de evolução. Ao exame objetivo constatou-se a presença de limitação da abdução do olho esquerdo, preenchimento do ouvido médio esquerdo com exsudato, sem parésia facial periférica associada ou nistagmo espontâneo. Do estudo complementar realizado destaca-se: existência de petrosite apical esquerda, trombose do seio cavernoso esquerdo e oclusão parcial do...

Doença de Kikuchi-Fujimoto: Diagnóstico diferencial de tumefação cervical

José Ferreira Penêda, Sandra Alves, Rita Gama, Joana Ferreira, Nuno Barros Lima & Artur Condé
As tumefações cervicais adquiridas são uma patologia comum que motiva frequentemente a observação por Otorrinolaringologia. O seu diagnóstico diferencial é complexo e engloba patologia inflamatória, infeciosa e neoplásica. A doença de Kikuchi-Fujimoto é uma doença benigna e autolimitada, rara na população portuguesa. O diagnóstico é exclusivo e implica um alto índice de suspeição. Os autores descrevem o caso de uma doente do sexo feminino que recorreu ao serviço de urgência com uma tumefação cervical dolorosa,...

Quisto de Klestadt: Relato de caso clínico

Marta Alexandra Rodrigues Melo, João Rito, João Órfão, Marta Cardoso & Filipe Freire
Relata-se o caso de uma mulher de 68 anos, com história de tumefação nasolabial direita, com 5 anos de evolução e com intercorrências infeciosas associadas. Ao exame objetivo apresentava uma lesão com cerca de 2,5cm, regular, móvel, não aderente aos planos profundos, com procidência e obstrução do vestíbulo nasal, elevação da cartilagem alar nasal e do lábio superior homolaterais. A tomografia computadorizada caracterizou uma lesão de densidade de tecidos moles que causava moldagem óssea subjacente...

Neuropatía auditiva en síndrome de capos pediátrico: Evolución favorable con implante coclear

Saturnino Santos Santos, Elena Pradillo Roldán, Anna Duat Rodríguez, Nieves González Llorente, Javier Cervera Escario & Margarita Bartolomé Benito
El síndrome de CAPOS (ataxia cerebelosa, arreflexia, pies cavos, atrofia óptica e hipoacusia neurosensorial) es una rara enfermedad neurológica que se asocia con la mutación c.2452G>A en el gen ATP1A3. Describimos los hallazgos fenotípicos y genotípicos de 3 miembros de una familia española afectada y la experiencia de tratamiento mediante implante coclear en el menor de ellos, un varón que debutó con hipoacusia neurosensorial con un patrón de neuropatía auditiva tras episodio de encefalitis a...

Colégio da Especialidade e seu Papel na Dinamização do Internato

Artur Condé
.

Cirurgia otorrinolaringológica pediátrica - Walking clinic pediátrica

Catarina Rato, Diogo Pereira, Sónia Cavalete, Sandra Pé D'arca, Ana Paula Silva, Sandra Cruz, Delfim Duarte & Dita Vilhena
Objetivos: Apresentar o projeto Walking Clinic Pediátrica. Discutir os resultados da avaliação do grau de satisfação sobre o serviço prestado. Métodos: Implementação do projeto Walking Clinic Pediátrica que consiste numa única deslocação do doente ao hospital, duas semanas antes da cirurgia, para realizar consultas de otorrinolaringologia, anestesiologia e enfermagem. Foi preenchido um inquérito de satisfação pelos pais. Resultados: Foram incluídas 100 crianças. Cerca de 95% dos pais referiram estar “muito satisfeito” com o projeto. Com...

O CICLO (IM)PERFEITO

Luísa Monteiro
.

A experiência de ouvir música por parte de utilizadores de Implante Coclear

Marisa Alves, Jorge Humberto Martins, Helena Alves, Ana Sofia Melo, Daniela Ramos, Graça Oliveira, Isabel Magalhães, Carlos Ribeiro & António Diogo Paiva
Objetivos: A fruição da música é, atualmente, uma das dificuldades referidas pelos utilizadores de implante coclear. O objetivo deste trabalho foi investigar os hábitos de escuta de música e de fruição musical de adultos com surdez pós-lingual após implantação coclear. Material e métodos: O instrumento utilizado foi o “Questionário de Música de Munique”. Os participantes foram adultos com surdez pós-lingual neurossensorial severa a profunda bilateral com um tempo de utilização de implante coclear de, no...

FIEBRE PERIÓDICA, AFTOSIS, FARINGITIS Y ADENITIS CERVICAL. NUESTRA EXPERIENCIA EN PACIENTES CON SÍNDROME PFAPA.

María Martín-Bailón, Clara García-Bastida & Ana Faraldo-García
Objetivo: análisis de nuestra experiencia en el manejo de síndrome PFAPA (Periodic Fever, Adenopathy, Pharingitis and Afthae) y revisión bibliográfica. Material y métodos: estudio observacional, prospectivo, descriptivo, de 8 pacientes menores de 15 años, diagnosticados de síndrome PFAPA según los criterios de Thomas entre agosto de 2014 y enero de 2015. Se analizan variables epidemiológicas, clínicas y analíticas. Resultados: edad media al inicio de los síntomas de 3,4 años; retraso diagnóstico medio de 3,1 años....

Deiscência do Canal Semicircular Superior - Abordagem Cirúrgica

Carla Guimarães Cardoso & Victor Correia Silva
Introdução: A Síndrome de Deiscência do Canal Semicircular Superior (SDCSCS) é uma causa rara, mas tratável, de vertigem. Caracteriza-se pela presença do fenómeno de Tullio, sinal de Hennebert e por hipoacusia de transmissão com presença de reflexo estapédico. O seu diagnóstico é confirmado por TC de alta resolução do osso temporal. O tratamento, no caso de clínica incapacitante, é cirúrgico. Descrição do caso: Descreve-se o caso de uma mulher, de 36 anos, com SDCSCS, com...

FÍSTULAS DE LÍQUOR NASOSINUSAIS: CASUÍSTICA DOS ÚLTIMOS 15 ANOS

Vitor Manuel Oliveira, Joao Pimentel, Deodato Silva & Pedro Escada
Objectivos: Revisão da casuística de fístulas de líquido cefalorraquidiano (LCR) nasosinusais e avaliação da experiência e tratamento endonasal endoscópico destes defeitos da base do crânio. Métodos: Foram recolhidas de forma retrospectiva informações dos doentes referenciados à consulta e urgência do departamento de Otorrinolaringologia do Hospital Egas Moniz - Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, com sintomas e/ou sinais de fístula de LCR nasosinusais; doentes intervencionados com diagnóstico de fístula de LCR; e doentes submetidos a outros...

RINOMETRIA ACÚSTICA E SEPTOPLASTIA: AVALIAÇÃO PRÉ E PÓS-OPERATÓRIA

Vera Sofia Soares, Sandra Costa, José Carlos Neves, A. Margarida Amorim, Sofia Paiva, Carla Gapo, João Carlos Ribeiro, José Romão, Pedro Tomé, Mário Cruz & António Paiva
.

DISPLASIA FIBROSA CRANIO-FACIAL A PROPÓSITO DE DOIS CASOS CLÍNICOS

Herédio Sousa, Rita Ferreira, Sara Baptista, Cristóvão Ribeiro, Vitor De Sousa, Marques Pinto & Ezequiel Barros
.

AVALIACÃO DA EFICÁCIA DA REABILITACÃO AUDIO-ORAL EM CRIANCAS COM SURDEZ PROFUNDA

Pedro Lopes Ferreira & Luís Filipe Silva
.

Ossiculoplastia autóloga na cirurgia do colesteatoma: Opção correcta nos dias de hoje?

João Pimentel, Antonio Galzerano, Martinha Chorão, Jorge Domingues & Madeira Da Silva
Introdução: Desde a primeira ossiculoplastia autóloga, em 1957 com Hall e Rytzner, que os remanescentes ossiculares se tornaram uma opção nas timpanoplastias com reconstrução da cadeia ossicular pela sua biocompatibilidade, disponibilidade e baixo custo. No entanto, o seu uso em doentes com otite media crónica colesteatomatosa decaiu pelo receio dos ossiculos conterem no seu interior colesteatoma residual. Os autores investigam se ossiculos removidos em cirurgia de colesteatoma apresentam alterações histopatológicas que possam levar à recidiva...

Corticoterapia nasal em crianças com rinite alérgica - Que efeito no eixo hipotálamo-hipófise-supra-renal e no crescimento?

Mónica Caixa, Sílvia Alves, Joana Castro, Sérgio Martins & Luís Antunes
Objectivo: Revisão da literatura referente à segurança da corticoterapia nasal no tratamento da rinite alérgica em crianças, enfatizando o risco de supressão do eixo hipotálamo-hipófise-supra-renal e de atraso de crescimento. Material e métodos: Pesquisa de artigos científicos publicados entre 2000 e 2010, excluindo-se os referentes à corticoterapia nasal no tratamento de qualquer outra patologia que não a rinite alérgica. Resultados: Os corticóides nasais de segunda geração (fluticasona e mometasona) associam-se a um menor risco de...

Mucopiocelo frontal gigante: Abordagem endoscópica Draf III

Rafaela Veloso-Teles, Ana Sousa, Sérgio Caselhos, Roberto Estevão, Vânia Henriques, Francisco Moreira Da Silva, Rita Moura & Fausto Fernandes
Os mucocelos são lesões quísticas dos seios perinasais de conteúdo mucóide, que podem resultar em erosão óssea com extensão extracraniana, intracraniana ou orbitária. Denominam-se mucopiocelos sempre que ocorre infecção do seu conteúdo. A abordagem cirúrgica dos mucocelos frontais constitui um desafio para o cirurgião ORL, havendo autores que defendem o uso de técnicas exclusivamente endoscópicas que vão desde a marsupialização da lesão até procedimentos do tipo Draf III, enquanto outros optam por combinar abordagens osteoplásticas....

Terapêutica médica ORL em Portugal e doping

Pedro Cavilhas, Sílvia Paulino Pereira, Filipa S. Oliveira, Pedro Gonçalves Henriques, Luís Roque Reis & José Madeira Da Silva
Objectivos: Revisão das Substâncias e Métodos considerados doping para o ano de 2010 com identificação dos princípios activos comercializados em Portugal (veiculados pelo Infarmed) e eventualmente utilizados em ORL e revisão dos procedimentos a serem tomados pelo otorrinolaringologista em caso de prescrição a atletas. Material e Métodos: Revisão da literatura. Resultados: Com significado para ORL são considerados doping para o ano de 2010: os diuréticos, expansores de plasma, alguns estimulantes (efedrina, pseudoefedrina e sibutramina), glucocorticosteroides...

Laringomalácia - a experiência do serviço nos últimos 6 anos

Teresa Bernardo, Edite Coimbra Ferreira, Daniela Ribeiro, Diamantino Helena, Artur Condé & Agostinho Pereira Silva
Os autores realizaram um estudo retrospectivo com base no processo clínico das 21 crianças seguidas por laringomalácia no Serviço ORL do CHVNG/E - EPE, entre Janeiro de 2003 e Janeiro de 2009, com o objectivo de definir a população, caracterizar a doença, avaliar o tratamento instituído e a influência da presença de co-morbilidades. As características da doença foram semelhantes às descritas na literatura. Registaram uma elevada incidência de refluxo gastro-esofágico. O tratamento anti-refluxo foi instituído...

Leiomioma vascular da cavidade nasal

Joaquim Pedro Vieira, Gustavo Lopes, Marta Neves, Miguel Viana, Maria Fátima Magalhães & Manuel Rodrigues E Rodrigues
O Leiomioma Vascular é uma neoplasia benigna do músculo liso de localização frequente no útero, tracto gastrointestinal, pele e tecido celular subcutâneo, mas raro na cabeça e pescoço. Os autores apresentam o caso clínico extremamente raro dum Leiomioma Vascular da cavidade nasal complementado por uma breve revisão da literatura.

Eficácia da sonoplastia no tratatmento da roncopatia: estudo retrospectivo

Miguel Viana, Paula Azevedo, Miguel Ferreira & Manuel Rodrigues E Rodrigues
A Roncopatia Simples (RS) afecta 25% da população adulta, enquanto que o ressonar leve a moderado poderá afectar até 30% das mulheres e 50% dos homens adultos. A Sonoplastia ou Radiofrequência do Palato (RFP) é um procedimento relativamente recente usado no tratamento da RS e na síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) leve a moderada com obstrução predominante ao nível do palato. Os autores apresentam uma revisão dos doentes submetidos a sonoplastia no Hospital...

Colégio da especialidade e seu papel na dinamização do internato

Luís Antunes
.

Análise da anatomia do recesso frontal em tomografia computorizada: Estudo de 50 doentes

Marta Canas Marques, Marco Alveirinho Simão, Alberto Santos, Carlos Macor, Óscr Dias & Mário Andrea
Objectivo: Estudo da prevalência das células acessórias do recesso frontal em doentes com indicação operatória do foro nasosinusal. Desenho Estudo: Estudo anatómico em tomografia computorizada (TC) dos seios perinasais. Material e Métodos: Análise de TC dos seios perinasais de doentes com indicação operatória do foro nasosinusal. Os critérios de exclusão incluíram cirurgia prévia, rinossinusite complicada, doença que prejudicasse a visualização das estruturas. Resultados: Foram incluídos no estudo, 50 doentes com TC’s efectuadas em diferentes centros...

A avaliação acústica da voz nas práticas profissionais dos terapeutas da fala portugueses

Ricardo Sousa, Susana Vaz Freitas & Aníbal Ferreira
Introdução: A prática dos Terapeutas da Fala manifesta um crescente uso do método acústico, que favorece um diagnóstico vocal complementar. Assim, este estudo visa conhecer a utilização do método acústico e outros métodos de avaliação vocal (instrumentais e não-instrumentais), bem como relação entre estes. Material e Métodos: Um questionário sobre a utilização de métodos baseado em escalas de Likert, foi enviado a um conjunto de Terapeutas da Fala através de correio electrónico e, posteriormente, foi...

Paragangliomas jugulo-timânicos. Técnica cirúrgica e experiência do Hospital de Egas Moniz

Gonçalo Neto D'Almeida, Pedro Escada, Gabriel Branco & José Pratas Vital
Objectivos: Descrever a técnica cirúrgica e a experiência dos Serviços de Otorrinolaringologia e Neurocirurgia do Hospital de Egas Moniz no tratamento cirúrgico dos paragangliomas jugulo-timpânicos. Desenho do estudo: Descrição de técnica cirúrgica e estudo retrospectivo dos casos operados num período de 20 anos. Material e métodos: Foram incluidos no estudo 24 doentes operados por uma equipa otoneurocirárgica entre 1988 e 2007. A técnica utilizada foi a via da Fossa Infratemporal do tipo A de Fisch...

Registration Year

  • 2020
    665

Resource Types

  • Text
    665