Esse obscuro objeto incômodo: o “cinema direto” nas reflexões cubanas (e latino-americanas) sobre o documentário

Fabián Núñez
O presente artigo visa tecer reflexões sobre como o cinema não ficcional foi pensado em Cuba nos anos 1960 e 1970, em especial, o debate em torno do “cinema direto”. Assim, a partir da análise do pensamento em Cuba sobre o documentário, visamos refletir sobre a sua função na construção de um discurso formativo de uma identidade da cinematografia cubana revolucionária.
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.