A contribuição de Sara Gómez para a linguagem do documentário cubano pós-Revolução de 1959: uma análise de Historia de la piratería

Marina Tedesco
O documentário cubano pós-Revolução de 1959 se caracteriza por uma linguagem irônica e sarcástica, que se utiliza de fontes diversas para produzir um discurso militante homogêneo. Neste artigo, abordaremos a contribuição da cineasta Sara Gómez na construção desta linguagem, a partir da análise de Historia de la piratería (1962).
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.