Práticas que (não) se desenvolvem, futuros que (não) se constroem

Carlota Teixeira, Cidália Queiroz & Isabel Menezes
Este artigo visa compreender em que medida as políticas de proteção à infância integram a promoção da participação como dimensão da proteção. Com recurso a uma metodologia qualitativa, três magistrados foram entrevistados. A partir da análise discursiva, foi possível concluir: que o reconhecimento da importância da participação na construção de trajetos desenvolvimentais mais equilibrados é consensual; que existe uma clara perceção de que as medidas de política acautelam suficientemente esta dimensão; que se verifica o...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.