Formação-ação e autoavaliação de escolas

Estela Costa & Marta Mateus De Almeida
O artigo resulta de um trabalho de análise das representações e práticas de autoavaliação realizadas em oito agrupamentos de escolas portuguesas e inscreve‑se num processo de formação das suas equipas internas de avaliação institucional. Tomou‑se como metodologia a investigação‑ação e como técnicas e instrumentos de recolha de dados, a análise documental, a observação (notas de campo) e a conversação (a apresentação e problematização dos processos vividos por cada equipa). As práticas de autoavaliação dos formandos...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.