Linfoma de Burkitt naso-sinusal – Caso clínico

Marco Ribeiro Barbosa, Carlos Martins, Miguel Furtado, Marisol Plácido, Rogério Fernandes, Ivone Camacho & Michelle Cordeiro
Após o Sarcoma de Kaposi, os Linfomas não Hodgkin representam os tumores mais comuns no doente HIV (Human Immunodeficiency Vírus) positivo. Destes, 30-40% são Linfomas de Burkitt. Envolvem preferencialmente o trato gastrointestinal e outras localizações extra-nodais, tendo sido descritos alguns casos com origem naso-sinusal. Dado o seu carácter altamente agressivo, obrigam a um diagnóstico e tratamento precoce. Descreve-se um caso de um doente de 32 anos que dá entrada no hospital com suspeita de rinossinusite...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.