Tumores parafaríngeos - Da clínica ao diagnóstico

S. Tavares, H. Rodrigues, C. André, V. Proença, J. Brito Mendes & L. Antunes
Introdução: Os tumores parafaríngeos são raros, representando 0,5% dos tumores de cabeça e pescoço. A maioria (80%) é benigna. Os tumores primitivos do espaço parafaríngeo correspondem a 90% dos casos (entre 40% a 50% com origem em glândulas salivares; entre 25% a 40% com origem neurogénica). São na fase inicial assintomáticos, sendo o diagnóstico feito quando as dimensões ascendem aos 3cm, manifestando-se por uma massa orofaríngea ou cervical. A apresentação clínica é semelhante independentemente do...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.