Pseudotumor inflamatório do seio cavernoso, síndrome de Tolosa-Hunt e paralisia facial: Qual é a relação?

Ana Isabel Costa, António Lima, Cátia Azevedo, Miguel Quintas-Neves, Berta Rodrigues & Luís Dias
Caso clínico: os autores apresentam um caso de uma mulher de 51 anos de idade com história de ptose palpebral direita e diplopia vertical binocular. O estudo imagiológico inicial mostrou aumento focal inespecífico das dimensões da parede lateral do seio cavernoso direito. A investigação laboratorial e electromiografia não mostraram alterações. Os sintomas foram prontamente controlados com corticoterapia sistémica. Um ano depois, durante o desmame terapêutico, recorreu ao serviço de urgência com queixas de cefaleias, paralisia...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.