Estudo in vivo e in vitro do papel da transição endotélio- mesenquimal na formação do estroma reativo associado ao adenocarcinoma de próstata no modelo TRAMP: influência de terapias antiangiogênica e anti-inflamatória

Fabio Montico
O adenocarcinoma de próstata é a doença neoplásica mais comum em homens e sua etiologia está diretamente associada à senescência. O termo estroma reativo designa as alterações fenotípicas e genotípicas das células estromais em resposta ao carcinoma epitelial e, na próstata, a reação estromal caracteriza-se por aumento na quantidade de miofibroblastos e fibroblastos associados ao câncer (CAFs). A atividade secretora dessas células favorece a progressão tumoral, especialmente através da indução da angiogênese e do influxo...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.