‘Eles vão à feira exibir tua cabeça’: (o)culto pelo popular nas políticas de memória do cangaço entre o folclore e o patrimônio (1938-1989)

Vagner Silva Ramos Filho
O projeto analisa políticas de memória do cangaço, fenômeno de banditismo da região do Nordeste brasileiro, que a significam como elemento de identidade não imaginário da nação ao longo do século XX. Situa-se em período que tem os anos de 1938 e 1989 como suas principais balizas, por remeterem ao ano de morte de Lampião, o “Rei do Cangaço”, na Gruta de Angico-SE, e ao ano de preservação oficial deste local. Nesse cenário, o problema...
This data repository is not currently reporting usage information. For information on how your repository can submit usage information, please see our documentation.