7 Works

O êxtase do povo: P.M. (Cuba, 1961) e Arrasta a bandeira colorida (Brasil, 1970)

Victor Guimarães
O artigo traça uma comparação figurativa entre P.M. (Sabá Cabrera Infante & Orlando Jiménez Leal, Cuba, 1961) e Arrasta a bandeira colorida (Aloysio Raulino & Luna Alkalay, Brasil, 1970), no sentido de interrogar como a figuração do povo no cinema latino-americano é atravessada pela experiência histórica.

Visualidad política en Latinoamérica1 II: Imágenes de la Migración Venezolana en Noticieros de Colombia y Venezuela

Simone Rocha & Julian Sinisterra

O espectador de Eduardo Coutinho: um estudo de Moscou

Helena Carvalho & Nilson Alvarenga

Alianças audiovisuais em tempos sombrios: Eduardo Coutinho, o Centro de Criação de Imagem Popular (CECIP) e os movimentos civis

Claudia Mesquita & Vinícius Oliveira

Um olhar sobre as aparições de Fidel Castro e Che Guevara em O fundo do ar é vermelho, de Chris Marker

Julia Fagioli
O que propomos neste artigo é uma análise de trechos d’O fundo do ar é vermelho, particularmente aqueles em que assumem o protagonismo Fidel Castro e Che Guevara, revelando sua importância no contexto dos anos 1960 e 1970. No filme, que tem como marco central os acontecimentos de 1968, Chris Marker confere grande importância ao contexto latino-americano, especialmente no que diz respeito às relações entre a guerrilha e os movimentos anti-imperialistas ao redor do mundo.

O documentário no sistema socioeducativo: ensino como co-criação de saber

Júlio Figueroa & Luciana Oliveira

Registration Year

  • 2020
    5
  • 2019
    2

Resource Types

  • Data Paper
    7

Affiliations

  • Universidade Federal de Minas Gerais
    7
  • Universidade Federal de Juiz de Fora
    1